VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER : Criminosos no Areal e Castilho

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER : Criminosos no Areal e Castilho

A Polícia Civil, através da Delegacia da Mulher com apoio da Delegacia do Capão do Leão, sob a supervisão da delegada Valquíria Meder, na quinta-feira, prenderam dois indivíduos, pelo descumprimento de medidas protetivas.

Um indivíduo  de quarenta anos, preso no bairro Castilho, possui antecedentes por lesão corporal e desobediência. Já outro,  de 46 anos, preso no bairro Areal, possui antecedentes por perturbação, ameaça, vias de fato e desobediência. Os presos foram encaminhados para o Presídio Regional de Pelotas.

Cabeçalho do CARALHOPESTANO – Senhora de 62 anos esteve na Polícia, para registrar a ameaça que tem sofrido do casal de irmãos, que reside ao lado de sua moradia. Segundo a vítima, a desavença começou quando ela pediu para que fosse baixado o volume do som. A vizinha não aceitou, e houve atrito. Desde então, tem sido ofendida pelo casal. Além das agressões verbais, ela está preocupada pois o rapaz já disse que ela se cuidasse, já que poderia sofrer atentado a tiros.

SOGRA – Mulher de 47 anos, residente à rua Clio Fiori Druck na Zona Norte, compareceu ao plantão policial, para registrar ofensas e ameaça de morte. De acordo com a vítima, a sogra lhe agrediu verbalmente. A senhora de 71 anos teria dito: “Sem vergonha, interesseira, tu não presta”. Como motivo, o fato da sogra comentar para a enteada da vítima, que esta havia falado mal da jovem de dezoito anos.  A enteada e a mãe afirmaram à vítima, que “iriam matá-la”. O resultado foi deixar a moradia, acompanhada pelo parceiro.

ARMA – Na terça à tarde, à rua Cel. Alberto Rosa, houve discussão entre vizinhas, e o irmão de uma delas passou a encarar a vítima. Entre os gestos, levantava a camisa e mostrava que estava portando arma. A jovem de 25 anos foi à delegacia, pois está se sentindo ameaçada.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: