Uma vitória para atingir objetivo

Uma vitória para atingir objetivo

Uma vitória separa o Pelotas da classificação para as quartas de final do Campeonato Gaúcho

Essa conclusão é possível no comparativo com as duas últimas edições do estadual, as quais tiveram a participação de 12 equipes. No ano passado, o São Luiz assegurou a oitava posição, com 14 pontos e três vitórias. Já em 2017, o São José se classificou ao chegar a 13 pontos e três vitórias. Atualmente o Lobo está com 11 pontos e já contabiliza três triunfos no Gauchão.

A disputa será, porém, acirrada nas três rodadas finais do Gauchão. A distância entre o terceiro e o nono colocado é de apenas três pontos. Além disso, a reta de chegada foi sempre temida pelo Pelotas, que terá, na sequência, o desesperado Veranópolis no Antônio David Farina, o emocional Clássico Bra-Pel no Bento Freitas e o melhor time do campeonato, o Grêmio, na última rodada na Boca do Lobo.

Pela classificação dos anos anteriores, o Brasil precisar de mais três pontos e uma outra vitória para escapar do rebaixamento. Foi com 10 pontos e duas vitórias que o Xavante se livrou da queda em 2017. O mesmo desempenho obtido pelo Novo Hamburgo no ano passado para se manter na 10ª posição – limite para se manter na primeira divisão. Nos dois últimos anos, Passo Fundo, Ypiranga e Cruzeiro caíram com nove; e o São Paulo com seis.

Pos.

Equipe

PG

J

V

1 Grêmio 20 8 6
2 Internacional 16 8 5
3 Caxias 13 8 4
4 São José 12 8 4
5 Aimoré 12 8 3
6  Pelotas 11 8 3
7 São Luiz 11 8 3
8 Novo Hamburgo 11 8 3
9 Juventude 10 8 3
10 Brasil 7 8 1
11 Avenida 6 8 1
12 Veranópolis 3 8 0

 



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: