Querendo manter campanha positiva, Brasil enfrenta líder América

Querendo manter campanha positiva, Brasil enfrenta líder América

Sem maiores pretensões nas últimas três rodadas, período é de vitrine e renovações de contrato, em busca da melhor colocação na Série B

Por: Henrique König

Não sobe, nem cai. O Brasil do técnico Cláudio Tencati cumpriu, com antecipação, o objetivo de evitar a queda, mas com os 3×0 sofridos para o Figueirense na 35ª rodada, há nenhuma chance de acesso. Pela abertura da 36ª rodada da Série B, a equipe xavante recebe o líder da competição, o América Mineiro, jogo das 16h, no Bento Freitas. O Coelho luta ponto a ponto pelo título, contra a rival de momento, Chapecoense. Ambos os times já conquistaram matematicamente a subida para Série A.

Bruno José fez um lindo gol em Belo Horizonte, na derrota xavante no primeiro turno
Foto: Pedro Vale / Especial / Diário da Manhã

Pelo lado do Brasil, o período é de muitas conversas. Negociações para saber quem fica e quem segue para outro clube neste 2021 com resquícios de 2020. O próprio comandante, Cláudio Tencati ainda não confirmou permanência. O desejo da direção é mantê-lo, mas o paranaense tem exigências a serem cumpridas.

Para o jogo diante do líder América, o Xavante tem retorno importante. O volante Bruno Matias cumpriu o período de isolamento por conta da covid-19 e pode voltar ao time. Na esquerda da defesa, Bruno Santos tem atuado. Deve seguir, pois Alex Ruan, mesmo recuperado da covid, tem lesão muscular. No meio de campo, Tencati usou Pablo e Rafael Vinicius para jogar com Sousa.

No ataque, Mateuzinho volta a ser opção, após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. No setor, os jovens da base, Léo Ferraz e Luiz Felipe, sem a pressão por resultados, aguardam maiores oportunidades. Ferraz entrou bem diante do Figueirense, quase descontando o placar. Sem Luiz Henrique, já ligado ao futebol árabe, Dellatorre deve seguir como o centroavante titular.

FICHA TÉCNICA: BRASIL x AMÉRICA-MG

BRASIL: Rafael Martins; Felipe, Diego Ivo, Héverton e Bruno Santos; Sousa, Bruno Matias (Pablo), Matheus Oliveira, Bruno José, Mateuzinho (Rafael Vinicius) e Dellatorre. Técnico: Cláudio Tencati.

AMÉRICA: Airton; Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus e Sávio; Zé Ricardo, Juninho, Alê; Ademir, Felipe Augusto e Geovane. Técnico: Lisca.

  • ÁRBITRO: Salim Chavez, com Vitor Metestaine e Fabio Baesteiro (trio de SP)
  • HORÁRIO e LOCAL: 16h, no Bento Freitas, em Pelotas
  • Partida válida pela 36ª rodada da Série B do Brasileiro



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: