PERMANÊNCIA GARANTIDA : Brasil ganha de novo e mantém freguesia do Juventude

PERMANÊNCIA GARANTIDA : Brasil ganha de novo e mantém freguesia do Juventude

Xavante chega a 47 pontos na Série B em vitória por 2×1 e complica situação do Esmeraldino pelo acesso

Por: Henrique König

Na Baixada, o Brasil ampliou seu retrospecto positivo contra o Juventude em campeonatos nacionais. 7 vitórias, 5 empates e só 2 derrotas. Na terça-feira (12), pela 34ª rodada da Série B, placar de 2 a 1 sobre o Jaconero. De virada, os gols foram de Matheus Oliveira, de pênalti, e Diego Ivo, de cabeça. Capixaba fez para o visitante, que segue fora do G4. Já o Brasil tem 47 pontos e sabe que fica na próxima B.

Luiz Henrique está deixando o Brasil para jogar em Dubai

O jogo foi eletrizante no primeiro tempo, com chances para os dois lados. Rafael Martins fez pelo menos duas grandes defesas. A primeira em arremate de Capixaba, espalmou uma pancada de dentro da área. Em outra, Renato Cajá mandou para Grampola, que chutou cruzado e Martins fez outra grande intervenção.

O Brasil acordou no jogo e equilibrou as coisas. Matheus Oliveira e Bruno José fizeram ótima etapa inicial. Mas quando o Xavante melhorava, o gol do Juventude. Enfiada de bola de Grampola, Capixaba ingressou na área e chutou no canto: 1×0.

O Rubro-Negro não sentiu negativamente o gol e buscou o seu. Com intensidade de Matheus Oliveira, ele cruzou, Bruno José tentou de voleio e a bola foi no braço de João Paulo: pênalti. Matheus cobrou no canto para igualar: 1×1. E se a semana foi de tempestade, houve a virada-relâmpago na Baixada.

Lançamento de Bruno Santos, Sousa ganhou de cabeça e Diego Ivo, fechando para pequena área, desviou de leve para cabeçada certeira: 2×1 aos mandantes.

Ainda no primeiro tempo, houve volume de jogo para tentar o terceiro, enquanto, do outro lado, finalização de longe foi defendida firme por Rafael.

Na etapa final, o Juventude começou com tudo. Rogério disparou duas vezes no primeiro minuto. Uma bola no travessão e outra grande defesa de Rafael Martins. Foi um jogo para o Brasil se defender, mas também quase selou o placar.

Sousa enfileirou três jogadores, atravessou o campo, encarou o goleiro e mandou no travessão. Em outro lance, espaço para Matheus Oliveira, o camisa 10 pifou Bruno José, que chutou cruzado pela linha de fundo, como não costuma.

O Rubro-Negro soube se defender, com as trocas de sustentação, Tencati conseguiu mais uma vitória. O Brasil venceu o Juventude nos dois turnos, garantiu sua pontuação para ficar na Série B e ainda atrapalhou o Jaconero no sonho do acesso.

FICHA TÉCNICA: BRASIL 2×1 JUVENTUDE

BRASIL: Rafael Martins; Felipe, Diego Ivo, Héverton e Alex Ruan; Sousa, Pablo, Matheus Oliveira (Leandro Camilo), Bruno José, Mateuzinho (Wellissol) e Luiz Henrique (Rodrigo Ferreira). Técnico: Cláudio Tencati.

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Igor, Wellington, Emerson e Hélder; João Paulo, Bochecha (Everton), Renato Cajá (Bambam), Rogério (Gabriel Bispo), Capixaba e Rafael Grampola. Técnico: Pintado.

  • ÁRBITRO: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
  • GOLS: Matheus Oliveira e Diego Ivo | Capixaba
  • Partida válida pela 34ª rodada da Série B do Brasileiro, disputada no Bento Freitas

 



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: