Pelotas registra o menor número de mortes no trânsito em 10 anos

Pelotas registra o menor número de mortes no trânsito em 10 anos

O ano terminou e deixou bons resultados para o trânsito de Pelotas. Em 2018 o município teve o menor número de vítimas fatais em acidentes dos últimos dez anos, com 32 registros.

Durante as festividades de final de ano, a Secretaria de Transporte e Trânsito (STT) realizou ações especificas para a segurança de motoristas e pedestres e, graças a esse esforço, nenhum incidente grave foi registrado no período entre os feriados.

Além da Operação Verão, que iniciou no dia 15 de dezembro e segue até 17 de março – com fiscalizações aos sábados, domingos e feriados na avenida Adolfo Fetter -, as Operações Integradas do Pacto Pelotas pela Paz, que ocorrem cinco vezes na semana, têm auxiliado na diminuição deste número, ampliando as vidas preservadas. A meta dos agentes de trânsito, junto à Guarda Municipal e Brigada Militar, é chegar a uma Operação por dia.

A integração das forças polícias tem sido essencial para o aumento da segurança também na mobilidade. As instituições atuam, diariamente, com o Plano de Prevenção Integrada, em que sete viaturas são posicionadas em locais estratégicos, determinados pelo Observatório de Segurança Pública, como parte do eixo de Fiscalização do Pacto. Nas ações de fim de ano, apenas acidentes com danos materiais foram registrados no município, e Pelotas encerrou 2018 com 25 vítimas em vias municipais e sete nas vias federais que cortam o município.

mortes no trânsito

FRENTES DE ATUAÇÃO

A redução de 20% em relação a 2017 mostra que o ‘Programa de Redução dos Acidentes de Trânsito’ vem refletindo resultados significativos, mostrando a qualidade do trabalho desenvolvido pela STT, por meio de sete práticas que têm feito a diferença. Entre elas estão as Operações Integradas; o Plano de Prevenção Integrada; as reuniões com as demais instituições que fazem parte do Pacto; a Balada Segura; o uso de radar; o videomonitoramento; e as obras de requalificação de vias estruturantes. Neste último ponto, quedas significativas foram registradas nas avenidas Duque de Caxias, Fernando Osório e Presidente Juscelino Kubitschek.

“Vários componentes levam a isso. Graças às ações com enfoque em excesso de velocidade, alcoolemia e as blitzes com comboio, que ocorrem desde julho de 2017, temos essa diminuição contínua”, ressaltou o secretário de Transporte e Trânsito, Flávio Al Alam.

A diminuição dos testes positivos de alcoolemia, durante as Baladas Seguras, mostra ainda uma mudança de pensamento dos motoristas ao perceberem os perigos de dirigir sob influência de bebidas alcoólicas, além dos efeitos no bolso decorrentes das multas, acrescentou o secretário.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: