Operação Newton é deflagrada em Pelotas no combate a homicídios

Operação Newton é deflagrada em Pelotas no combate a homicídios

Três pessoas foram presas e um adolescente foi apreendido

A Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Pelotas, na manhã desta quarta-feira (13), deflagrou a Operação Newton, que foca no combate aos crimes de homicídios cometidos na cidade. Durante a ação, três pessoas foram presas e um adolescente foi apreendido. Nas buscas foram apreendidos vários celulares, um revólver e munições.

Aproximadamente 120 policiais civis, com o apoio da Brigada Militar, cumpriram 25 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão nos bairros Porto (Navegantes) e Fragata (Vila Farroupilha e Cohab Guabiroba). O helicóptero da Polícia Civil foi utilizado para auxiliar nas buscas.

Segundo o delegado Félix Fernando Rafanhim, a investigação teve como foco quatro homicídios ocorridos de dezembro de 2018 até este mês. Os homicídios estão ligados a uma facção criminosa que costuma ordenar as ações de dentro do sistema prisional.

“A operação de hoje (terça) faz parte de uma articulação entre as forças de segurança da região que visam à redução do número de homicídios, especialmente os que têm relação com as disputas entre organizações criminosas”, disse o delegado regional de Pelotas, Márcio Steffens.

A operação policial recebeu este nome em homenagem a Isaac Newton (físico, matemático e astrônomo inglês), tendo por base sua terceira lei conhecida como princípio da ação e reação.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: