Hortifruti apresenta queda no preço em Janeiro

Hortifruti apresenta queda no preço em Janeiro

No primeiro mês de 2019, o custo do cesto básico em Pelotas teve leve redução, passando a custar R$ 811, segundo pesquisa do Escritório de Desenvolvimento Regional da Universidade Católica de Pelotas (EDR/UCPel).

Em relação a dezembro de 2018, os produtos de hortifruti apresentaram redução significativa de preço.

Do total de 51 produtos que integram o cesto básico brasileiro, divididos em grupos de alimentação, higiene, limpeza e gás de cozinha, 29 apresentaram variação positiva de preço, enquanto 22, negativa. Farinha de trigo (8%), iogurte (10%) e linguiça fresca embalada (15%) tiveram a maior suba de preço; já tomate (-53%), batata (-23%), cenoura (-19%) e mamão (-18%) sofreram queda nos valores. Entre os supermercados, a diferença de preços foi de R$ 56,97.

Pesquisadas entre 3 e 8 de janeiro, as despesas do cesto correspondem a uma família de três pessoas, com renda média de um a 21 salários mínimos. A metodologia utilizada para o cálculo foi criada pelo Centro de Estudos e Pesquisas Econômicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (IEPE/UFRGS), baseada na Pesquisa Orçamentária Familiar (POF) realizada em 2002/2003 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A pesquisa do custo do cesto básico em Pelotas é coordenada pelo EDR da UCPel. Os economistas Tiago Nunes e Ezequiel Megiato compõem a equipe.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: