HOMICÍDIO : Vítima leva dois tiros em execução no Dunas

HOMICÍDIO : Vítima leva dois tiros em execução no Dunas

Pouco antes das 3h da madrugada, na esquina da rua 10 e avenida Ulysses Guimarães, no loteamento Dunas, casal foi abordado por desconhecidos. De imediato, houve disparos, tratando-se de execução. A vítima do assassinato é Alex Sandro da Silva Gomes, que foi alvejado na cabeça e também no abdômen. A mulher que acompanhava a vítima, não chegou a ser atingida pelos tiros. A Brigada Militar foi chamada para atender a ocorrência, e foi observado que, no local, há câmera cujas imagens poderão contribuir para o esclarecimento.

Vítima chegou a ser socorrida e levada ao Pronto Socorro, no entanto, devido a gravidade dos ferimentos, não resistiu e faleceu.

CabeçalhoPRISÃO – Os policiais militares que guarneciam o local do assassinato no loteamento Dunas, surpreenderam-se com motociclista que surgiu em alta velocidade. Eram 3h30min da madrugada, quando o desconhecido adentrou a avenida Ulysses Guimarães. Ao avistar a viatura da Brigada Militar, ele freou o veículo e derrapou. Na sequência, policiais militares efetuaram a abordagem. E foi constatado que o veículo estava com licenciamento vencido, e o condutor não possuía Carteira Nacional de Habilitação. Diante das irregularidades, os policiais verificaram a numeração no quadro da moto. Após consulta ao sistema da segurança pública, foi comprovado que o número é de moto furtada em 2018.  Os policiais então deram voz de prisão ao jovem L. S. S. de 26 anos. Ele inicialmente foi conduzido para exames na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro Areal, e posteriormente encaminhado à Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA).

              RIO GRANDE também está ingressando na estatística dos assassinatos.  Na madrugada de terça, enquanto homem era executado no Dunas em Pelotas, na cidade vizinha também havia vítima de execução. O crime ocorreu um pouco mais cedo, aos trinta minutos de terça, e a vítima Luis Felipe Martins da Silva de dezenove anos, foi assassinado quando transitava pela rua Capibaribe no Parque Marinha. Testemunhas relataram que o jovem foi morto por tripulantes de um carro na cor prata. O homicídio já é o oitavo na cidade neste ano.

ARMA foi apreendida segunda à tarde em São José do Norte. Trata-se de arma com calibre 20 que, irregular, foi recolhida por conta do cumprimento de mandado de busca e apreensão. A ação da Polícia Civil ocorreu no bairro Ferrari.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: