Hemocentro necessita de sangue de todos os tipos

Hemocentro necessita de sangue de todos os tipos

O estoque do Hemocentro Regional de Pelotas (HemoPel) segue abaixo do necessário, ou seja, não está em nível seguro. Todos os tipos de sangue são importantes. Porém, O+ e O- estão com estoques em situação mais crítica.

O número de doações é muito menor desde o início da pandemia e, consequentemente, a capacidade de atendimento aos três hospitais da cidade – São Francisco de Paula, Pronto Socorro e Beneficência Portuguesa – e dos outros 24 municípios das regiões Sul e da Campanha está prejudicada.

Posso doar?

Pessoas saudáveis, sem sintomas gripais, que não tiveram contato com suspeitos ou confirmados para Covid-19, podem doar. O processo todo, desde a chegada, cadastro, entrevista e doação, dura pouco mais de 30 minutos.

A equipe do Hemocentro está tomando todas as medidas de higiene para que os doadores possam se sentir seguros. A higienização é feita a cada atendimento e doadores usam máscara durante todo o tempo que permanecem no local.

O HemoPel é responsável por abastecer hospitais de Pelotas e de outros 24 municípios

As regras gerais para doação são: ter idade entre 16 e 68 anos e peso superior a 50 quilos. Porém, os adolescentes (16 e 17 anos) precisam ter autorização dos responsáveis legais. O candidato a doador deve procurar o HemoPel portando documento de identidade com foto. No dia da doação, precisa estar alimentado, ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12h, e evitado fumar uma hora antes. Homens podem doar a cada dois meses, no máximo quatro vezes por ano. Mulheres a cada três meses, até três doações anuais.

Onde devo ir?

O Hemocentro fica na avenida Bento Gonçalves, 4.569, próximo ao Colégio Municipal Pelotense e acolhe os doadores de segunda a sexta-feira das 8h às 13h. O telefone para outras informações é o (53) 3222-3002.

E se eu não tiver como me deslocar?

O Hemocentro oferece carona para grupos que tiverem dificuldade de chegar ao local. Para quem mora em Pelotas, o transporte está disponível para conjuntos de seis a 12 pessoas. Para municípios vizinhos, a carona pode ser agendada para até 12 doadores juntos.

Grupos, independente da carona, podem ser agendados previamente, por telefone, para que a equipe se prepare e o tempo de espera não seja grande.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: