Fepam orienta sobre retirada de óleo que vazou em posto de gasolina desativado em Pelotas

Fepam orienta sobre retirada de óleo que vazou em posto de gasolina desativado em Pelotas

Uma equipe da Divisão de Emergências Ambientais da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) está em Pelotas dando orientações sobre as medidas que devem ser adotadas após o vazamento de mistura de óleo e combustível em um posto de gasolina desativado no Bairro Fragata.

Conforme as analistas Cleonice Kazmirczak e Fabiani Vitt, as chuvas intensas dos últimos dias e o roubo das tampas dos tanques provocaram o vazamento de óleo que, com a enxurrada, escorreu para o esgoto pluvial.

A equipe da Fepam conseguiu recolher e destinar para tratamento aproximadamente 8 mil litros de óleo e água contaminada. O trabalho segue durante esta sexta-feira (18) e a expectativa é de recolhimento do restante de óleo vazado. Em seguida, os tanques serão lacrados para evitar novo transbordamento.

A Fepam solicitará novamente aos responsáveis a retirada dos tanques do local e uma investigação ambiental na área para verificar a possível existência de contaminação. As medidas já haviam sido solicitadas anteriormente, em novembro de 2017 e junho de 2018.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: