Escolas municipais arrecadam tampas para campanha solidária

Escolas municipais arrecadam tampas para campanha solidária

A campanha Vira Tampa Solidária – que arrecada tampinhas plásticas, comercializa e destina os recursos à ONGs que auxiliam pessoas e animais em situação de vulnerabilidade – ganhou um reforço especial nas últimas semanas. Educandários municipais de Pelotas mobilizaram-se para colaborar com a iniciativa, ao integrar alunos e professores na busca pelos itens.

É o caso das escolas Olavo Bilac, Dom Francisco de Campos Barreto, Oswald de Andrade, Jornalista Deogar Soares, Bruno Chaves e Joaquim Assumpção, que uniram-se em prol de uma boa causa. Além de ajudar instituições assistenciais a seguirem seus trabalhos voluntários, os pequenos também praticaram a consciência ambiental, ao evitar que as tampas fossem descartadas na natureza – desde a sua criação, em 2017, o Vira Tampa já arrecadou quase 20 toneladas de plástico.

Na Escola de Ensino Fundamental Dom Francisco Barreto, uma gincana incentivou os alunos a reunirem os materiais. O resultado foi surpreendente: mais de 24 mil unidades, entre tampas e lacres, entregues ao projeto. “Vocês estão ajudando muitos amiguinhos de quatro patas abandonados”, disse a mensagem deixada pela iniciativa em uma rede social, reportando-se aos estudantes do educandário.

Quem eu vou ajudar?

Em fevereiro, mais de 3,5 toneladas de tampas plásticas foram arrecadadas pela campanha em dois meses. Foi a primeira venda realizada em 2019 e a terceira após a adesão ao Pacto Pelotas pela Paz, que resultou em R$ 2.808,00 destinados a uma protetora de animais e três instituições parceiras do projeto – a Aapecan, a SOS Animais e a ONG A4. O valor é repartido, igualmente, em quatro partes para beneficiar todas as iniciativas.

Alunos e professores mobilizaram-se para colaborar com a iniciativa, que é responsável por  destinar recursos a ONGs de Pelotas

Alunos e professores mobilizaram-se para colaborar com a iniciativa, que é responsável por
destinar recursos a ONGs de Pelotas

Como posso ajudar?

Qualquer tampinha plástica é bem-vinda. Seja de água mineral, água sanitária, amaciante, caneta, cosmético, creme, desinfetante, desodorante, detergente, leite, maionese, mostarda, óleo de cozinha, pasta de dente, refrigerante, remédio, requeijão, sorvete, suco, vinagre, entre outras.

Onde posso deixá-las?

A campanha está espalhada por toda a cidade através de 160 pontos de coleta. Na página do projeto, há uma lista com os locais, possibilitando a entrega em todas as regiões do município.

Escolas municipais que também colaboram com a campanha

Emefs Bibiano de Almeida, Brum de Azeredo, Mariana Eufrásia, Ferreira Viana, Jacob Brod, Luciana de Araújo, Ministro Fernando Osório, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora de Lourdes, Piratinino de Almeida e Emeis Adayl Bento Costa, Antônio Caringi, Bernardo de Souza, Herbert José de Souza, Marechal Ignácio de Freitas Rolim e Mário Quintana.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: