DEU ZEBRA NO MUNDIAL : River Plate é derrotado nos pênaltis pelo Al Ain e fica fora da final

DEU ZEBRA NO MUNDIAL : River Plate é derrotado nos pênaltis pelo Al Ain e fica fora da final

O River Plate se junta a Internacional e Atlético/MG como campeões da Libertadores que foi eliminado nas semifinais do Mundial de Clubes. O time argentino caiu na decisão por pênaltis contra o Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, nesta terça-feira, no estádio Hazza Abi Zayed, em Al Ain. No tempo normal houve empate por 2 a 2 – igualdade que se estendeu na prorrogação. Por fim, o time anfitrião ganhou por 5 a 4.

O adversário do time árabe na final do Mundial será conhecido nesta quarta-feira, quando o Real Madrid tenta confirmar seu favoritismo para chegar ao tricampeonato mundial diante do Kashima Antlers, do Japão. A decisão do título ocorrerá no sábado, às 14h30 (horário de Brasília). Antes, às 11h30, o River irá decidir o terceiro lugar do torneio contra o perdedor do jogo de hoje.

Al Ain fez seu terceiro jogo no Mundial. Já deixou pelo caminho o Team Wellington, da Zona Zelândia, com vitória nos pênaltis, após empate por 3 a 3 no tempo normal. Nas quartas de final fez 3 a 0 no Espérance, da Tunísia. Diante do River, o time árabe mostrou cedo que a missão não seria fácil para o campeão da Libertadores. Aos dois minutos, Marcus Berg cabeceou e a bola passou entre as pernas de Armani: 1 a 0.

Khalid Essa defende pênalti cobrado por Enzo Perez: Al Ain surpreende e  vai à final do Mundial

Khalid Essa defende pênalti cobrado por Enzo Perez: Al Ain surpreende e
vai à final do Mundial

VIRADA – O River Plate reagiu rápido – aos 10 e aos 15 minutos -, com gols do colombiano Rafael Borré, chegou à virada. O jogo parecia tranquilo para o time argentino. Antes do final do primeiro tempo, Hussen El Shatat marcou o gol de empate, mas o lance foi anulado pelo árbitro italiano Gianluca Rocchi, após consulta ao VAR.

No começo da etapa final, o brasileiro Caio empatou novamente a partida ao receber o passe do japonês Tsukasa Shiotani. Para aumentar o drama do River, aos 23 minutos, Pity Martinez acertou o travessão em cobrança de pênalti cometido por Mohamed Ahmad em Casco. A igualdade se estendeu na prorrogação. Nos pênaltis, Khalid Essa defendeu a quinta cobrança – feita por Enzo Pérez – confirmou a classificação do Al Ain.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: