COPA DO BRASIL : Xavante empata e pesca vaga em SC

COPA DO BRASIL : Xavante empata e pesca vaga em SC

Rubro-Negro teve melhores chances, Tubarão pressionou, mas ninguém mexeu no placar

Henrique König

Nesta quinta-feira, o Xavante fez história na Copa do Brasil. Após três participações contra gigantes do futebol brasileiro, chegou a hora do Rubro-Negro passar de fase. Em Tubarão, no estádio Domingos Gonzalez, o Brasil segurou o placar de 0 a 0 diante dos locais, o suficiente para avançar no torneio. Em resumo, o Tricolor teve mais volume de jogo e o Xavante teve as melhores chances da partida. Como ninguém colocou a bola na rede, os pelotenses estão classificados para encarar o Avaí pela segunda fase. Outra boa notícia é a premiação financeira de mais 625 mil reais ao clube por passar à segunda rodada.

Brasil arrancou empate em Santa Catarina e conquista vaga inédita para a segunda fase

Brasil arrancou empate em Santa Catarina e conquista vaga inédita para a segunda fase

Gustavo Papa novamente trouxe sucesso contra catarinenses em participação interina como técnico. Em 2018, venceu o Criciúma no Bento Freitas e dessa vez saiu classificado na Copa do Brasil. Ele escalou um time com mudanças. Bruno Aguiar, no lugar de Héverton, fez boa partida na zaga e Pará deu mais consistência na lateral. Na frente, Luiz Eduardo perdeu chances que poderiam dar a vitória.

De volta ao time, o volante Leandro Leite cruzou fechado e o goleiro Beliatto espalmou para escanteio. Na cobrança, Daniel Cruz mandou cabeçada na trave e Leite não conseguiu concluir no rebote, em bela chance. Do outro lado, chutes do Tubarão apenas de longe e errando o alvo com mais ou com menos perigo. Luiz Eduardo teve duas grandes oportunidades. No 1º tempo, foi atrapalhado pelo zagueiro. Na etapa final, perdeu de forma inacreditável, cara a cara com o arqueiro, mandando pra fora.

O Tubarão pressionou no segundo tempo com cruzamentos, mas a defesa xavante sustentou. O maior susto foi cabeçada afastada por Leandro Camilo sobre a linha. Sofrido, como a manda cartilha rubro-negra, o Brasil comemorou muito com seu torcedor ao apito final. Alegria garantida aos que viajaram a Santa Catarina. O Brasil testou os cardíacos, mas pescou a vaga diante do Tubarão.

FICHA TÉCNICA

TUBARÃO 0×0 BRASIL

TUBARÃO: Beliatto; Cleiton, Jailton, Liel e Nikolas; Daniel Pereira, Guilherme Amorim e Gustavo Ermel (Batista); Fio (Vinícius Baiano), Romarinho (Daniel Costa) e Edno. Técnico: Beto Almeida.

BRASIL: Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Camilo, Bruno Aguiar e Pará; Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira (Sousa), Douglas Baggio (Bruno Santos), Daniel Cruz (Fabrício) e Luiz Eduardo. Técnico: Gustavo Papa.

  • ARBITRAGEM: Marcos Mateus Pereira (MS), auxiliado por Cícero de Souza (MS) e Daiane Muniz dos Santos (MS).
  • LOCAL: estádio Domingos Silveira Gonzalez | Tubarão (SC).
  • PÚBLICO: 1.718 torcedores.

COPA DO BRASIL: Avenida venceu o Guarani por 1×0, gol de Flávio Torres, e passou para enfrentar o Corinthians na 2ª fase. É a sequência do melhor ano da história do Alviverde de Santa Cruz do Sul, motivo de festa para cidade. Já o São José empatou em 0×0 com a Chapecoense e o Verdão do Oeste classificou. O Botafogo espantou o vexame da edição passada e bateu a Campinense por 2×0. Criciúma, Figueirense, Bahia, América-MG e Goiás também garantiram classificação. Sofreram zebras o Sport Recife, que perdeu da Tombense por sonoros 3 a 0, e o Vitória de Salvador, derrotado pelo Moto Club do Piauí. O Avaí fez 4×1 no Real Ariquemes e será o adversário Xavante na segunda fase.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: