Começa a requalificação do trecho 3 da Deodoro

Começa a requalificação do trecho 3 da Deodoro

A requalificação da rua Marechal Deodoro avança de acordo com o cronograma. Nesta semana, iniciaram-se as obras no trecho 3, pela quadra entre as ruas General Telles e Dom Pedro II. Desde a tarde da quarta-feira (21), maquinário começou a escavação à direita sentido Centro/Sul, para estrutura do futuro corredor exclusivo para ônibus, em concreto.

   A execução do projeto tem a gerência e a fiscalização da Prefeitura, sob responsabilidade técnica da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). As obras seguem a cargo da empresa SBS Engenharia Ltda, que já fez a entrega do trecho 1, de 1,6 quilômetro de extensão, entre a rua Guilherme Wetzel e a avenida Bento Gonçalves, ao agente financeiro Caixa Econômica Federal e à Prefeitura.

O trecho 3 corresponde a aproximadamente 750 metros, entre as ruas Marechal Floriano e Gomes Carneiro. Da Floriano à Dom Pedro II, haverá corredor de ônibus em concreto, além da pista asfaltada. Da Dom Pedro até a Gomes Carneiro – percurso sem paradas de ônibus –, a pavimentação será toda em asfalto.

Simultaneamente às escavações do corredor do transporte coletivo, equipes atuam na colocação do piso tátil para acessibilidade nos passeios públicos.

O trecho 2, entre a avenida Bento Gonçalves e a rua Marechal Floriano, será requalificado depois da conclusão do terceiro. A medida visa à redução de impactos na rotina do Centro da cidade, principalmente para o comércio e para a população.

   Avaliação da Seplag

A requalificação da rua Marechal Deodoro está cumprindo o cronograma e a logística que envolve várias secretarias e o Sanep. O secretário de Planejamento e Gestão, Roberto Ramalho, explica que cada passo da obra, cujo projeto envolve 3,2 quilômetros de extensão, entre as ruas Guilherme Wetzel e Gomes Carneiro, é programado para promover sincronia nos avanços entre as etapas. “Enquanto concluíamos o trecho 1, a Secretaria de Transporte e Trânsito (STT) interrompia parcialmente a via no trecho 3, para que o Sanep realizasse o deslocamento da rede de água existente. Assim que esse trabalho foi concluído, autorizamos a empresa a avançar com a requalificação. O processo coincidiu com a entrega do trecho 1”, detalha o secretário.

Ramalho pede compreensão da população quanto a transtornos que podem surgir durante o andamento das obras de requalificação e salienta que os inconvenientes fazem parte do processo. “No final, o trecho terá a mesma qualidade do primeiro, já entregue, que já pode ser constatada”.

DeodoroO que terá no trecho 3

O investimento para transformação da rua Marechal Deodoro é de mais de R$ 7,6 milhões. A via passará a ter a circulação do transporte público organizada, assim como o deslocamento de veículos e pedestres de acordo com o planejamento do Sistema de Mobilidade Urbana.

O trecho 3 contará com corredor exclusivo para ônibus, capeamento asfáltico, abrigos padronizados de estrutura metálica, com cobertura, fundos e laterais de vidro, alargamento de calçadas, rampas de acessibilidade, paisagismo, mobiliário urbano, sinalização e iluminação pública de LED.

As intervenções na Deodoro integram o contrato que contempla as ruas General Osório e Gomes Carneiro, de mais de R$ 18 milhões. Os recursos são do Município e do Ministério das Cidades.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta