Brasil perde para o Vitória no último jogo e já mira próxima temporada

Brasil perde para o Vitória no último jogo e já mira próxima temporada

Última partida durante a gestão do presidente Ricardo Fonseca foi com derrota no Bento Freitas, mas clube está assegurado na 6ª Série B consecutiva; Claudio Tencati segue como treinador

Por: Henrique König

O Brasil recebeu o E.C. Vitória pela 38ª e última rodada da Série B 2020, no estádio Bento Freitas. O enfrentamento foi na sexta-feira (29), na Baixada, horário das 21h30. Alguns jogadores fizeram suas despedidas do torcedor rubro-negro, como por exemplo o atacante Bruno José, que volta para o Internacional. Matheus Oliveira é outro de permanência difícil. O placar final da partida foi 1×0 para o Vitória, gol marcado por Samuel, no segundo tempo.

Com a derrota, o Xavante encerra a Série B na 12ª posição, com 49 pontos, cinco a menos que sua melhor campanha geral, os 54 pontos de 2016, com Rogério Zimmermann. O Rubro-Negro baiano chegou aos 48 pontos, equilibrando a vantagem xavante ao terminar o campeonato com duas vitórias consecutivas.

Com desfalques, Claudio Tencati, treinador que confirmou sua permanência em entrevista coletiva especial ao final do jogo, mandou o que tinha de melhor a campo. Queria terminar com triunfo. O jogo começou com boas oportunidades. Na melhor delas, Matheus Oliveira serviu passe magistral para Dellatorre, mas o centroavante parou no goleirão Yuri, de 20 anos. Na sequência do lance, cruzamento da direita e Matheuzinho marcou seu primeiro gol pelo Brasil, de voleio, estiloso, mas o assistente de arbitragem apontou impedimento. Em outra investida mandante, Bruno José ingressou pela direita da área, disparou cruzado, pela linha de fundo.

O Vitória também assustou o goleiro Matheus Nogueira em algumas oportunidades. Em uma delas, Eduardo cobrou falta colocada e a bola passou a centímetros do ângulo da meta. Pelo Brasil, Matheuzinho, de cabeça, se infiltrou entre os zagueiros, mas mandou a bola à direita do goleiro Yuri, para fora.

Na etapa final, o arqueiro xavante precisou espalmar duas finalizações de fora da área, fazendo importantes intervenções. Mas em uma saída de jogo errada, Pablo, que entrou no meio de campo no segundo tempo, perdeu a bola e Samuel finalizou no cantinho: 1×0. O Vitória havia crescido no segundo tempo e, de certo modo, mereceu o triunfo. O zagueiro Héverton, de muito longe, ainda arriscou um petardo e a bola zuniu do poste. Nos minutos finais, não houve reação. Foi a terceira derrota do Xavante no Bento Freitas nesta Série B.

A campanha foi considerada positiva, pois o Rubro-Negro escapou do rebaixamento com boa antecedência. Apesar disso, não voltou a vencer após somar a pontuação necessária, ao bater o Juventude, por 2×1 e chegar aos 47. Empatou mais dois jogos e perdeu outros dois, finalizando com 49 pontos.

Os muitos desfalques, desde a covid-19 até a suspensão do volante Sousa, jogador que está se despedindo do Bento Freitas, além dos atrasos salariais comprometeram os últimos jogos.

FICHA TÉCNICA: BRASIL 0x1 VITÓRIA

BRASIL: Matheus Nogueira; Rodrigo Ferreira, Héverton, Diego Ivo e Mateus Mendes; Cazonatti (Rafael Vinicius), Bruno Matias (Pablo), Matheus Oliveira (Leo Ferraz), Matheuzinho, Bruno José (Wellissol) e Dellatorre. Técnico: Claudio Tencati.

VITÓRIA: Yuri; Leandro, Marcelo, Mateus e Leocovick (Rafael Carioca); Gerson Magrão, Eduardo, Gabriel Santiago (Soares), Alisson Farias (Pedrinho), Ruan Nascimento e Junior Viçosa (Samuel). Técnico: Rodrigo Chagas.

  • ÁRBITRO: Caio Vieria, auxiliado por Jean Marcio dos Santos e Vinicius Melo de Lima (trio potiguar)
  • GOL: Samuel (VIT)
  • Partida válida pela 38ª rodada da Série B, no Bento Freitas, em Pelotas.



Fonte: Diário da Manhã
Redação: redacao@diariodamanhapelotas.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: